Por que deixar o Excel de lado e utilizar o Power BI?

O mundo corporativo é repleto de desafios, por esse motivo, é requerido que as empresas estejam preparadas estrategicamente para lidar com as oscilações. Para uma melhor visibilidade dos planos de ação, o Power BI é uma das ferramentas mais recomendadas.

Ao longo dos anos, o uso da tecnologia foi normalizado dentro dos negócios, cenário que foi possibilitado como uma consequência das iniciativas dos stakeholders do mercado.

Isto é, empresas, organizações governamentais e não-governamentais construíram e continuam investindo em iniciativas para tornar horizontal o acesso à tecnologia, recurso amplamente relevante na aceleração econômica.

Aliás, se engana quem acredita que a modernização e automatização de processos é exclusividade de determinados ramos de atuação. Para uma empresa de portaria e limpeza, a tecnologia é crucial para o atingimento de metas.

Fatores como as oscilações macroeconômicas e a ampla concorrência impactam diretamente a demanda estratégica de organizações dos mais distintos portes e segmentos, exigindo que estas agreguem valor constantemente.

Porquanto, pode-se observar que, para tornar a melhoria processual, é válido contar com ferramentas como o Power BI. Esse recurso é flexível e pode ser utilizado até mesmo na produção de um estudo de impacto ambiental.

Power BI: do que se trata?

Se antes era comum encontrar as equipes realizando o mapeamento de resultados e tomando decisões através de dados escritos manualmente, atualmente a tendência é otimizar o tempo o máximo possível com o uso da tecnologia.

A Microsoft é considerada uma das principais empresas que revolucionou o fluxo de trabalho nas organizações, tendo em vista que essa apresentou ao mercado sistemas operacionais como o Windows e aplicativos assertivos como o Excel e Word.

Entretanto, ao longo do tempo e com os avanços na pauta de modernização, a Microsoft reconheceu a necessidade de inovar com novas soluções que permitam integrações de dados ainda mais complexos.

Sendo assim, o Power BI, que é uma ferramenta encontrada nos aplicativos do Office 365, é um recurso de inteligência comercial desenvolvido pela Microsoft, com a finalidade de trazer mais visibilidade, assertividade e segurança nos dados.

Como algo comum do ramo, tal ferramenta pode ser adaptada conforme a necessidade e implementada nas estratégias de segmentos distintos. Inclusive, pode ser utilizada no contexto de lenovo atendimento assistência.

A versatilidade não dispensa ações básicas e cruciais em quaisquer medidas utilizadas no que tange à inteligência comercial, como:

  • Prévia definição dos objetivos gerais e específicos;
  • Levantamento de dados assertivos;
  • Identificação das necessidades;
  • Treinamento do pessoal envolvido.

Essas são algumas das recomendações básicas e exigidas durante o momento de adoção e implementação de estratégias, porém, o processo não se restringe somente ao escopo citado, por isso, é crucial dispor de uma análise minuciosa da aplicação.

Contextualizando ainda acerca do Power BI, cabe destacar que a ferramenta atua na organização e armazenamento de informações, tornando-as mais didáticas e visíveis durante apresentações.

Logo, seu uso é recomendado para apresentações empresariais, tendo em vista que permite o rápido entendimento sobre as estratégias comerciais para alavancar os resultados, incluindo na comercialização de cerca de proteção

Mais praticidade e assertividade

Por ser uma empresa líder de mercado, além de disponibilizar o sistema operacional mais utilizado pelas corporações e usuários, a Microsoft também desenvolveu uma aplicação extremamente relevante no controle de dados.

O Microsoft Excel é um editor de planilhas, amplamente utilizado na armazenagem de informações. Afinal, é comum ver empresas contando com planilhas para fazer a gestão, seja ela financeira, operacional ou comercial.

Por intermédio do Excel, uma empresa que atua no segmento de recepcionista terceirizada consegue criar uma planilha, populando as linhas e colunas com informações referentes à folha de pagamento dos colaboradores, por exemplo.

O funcionamento na prática consiste na criação de planilhas através de cálculos, fórmulas e templates disponibilizados pela própria aplicação. Também é possível contar com quadros, imagens e gráficos para melhor entendimento.

Porém, enquanto a funcionalidade do Excel atende o escopo somente de armazenar e transformar dados, o Power BI é efetivamente um produto desenvolvido para atender as necessidades relacionadas às etapas de inteligência comercial.

Ou seja, o produto Microsoft de Business Intelligence (inteligência comercial) permite a construção de dashboards, que são como banner personalizado, enriquecendo a experiência de gestores e equipes durante a análise de dados.

Em adição, o Power BI conecta diferentes fontes de dados e tamanhos, inclusive o próprio Excel, concentrando dados assertivos e de rápida análise.

Além de tudo, os painéis visuais criados podem ser visualizados em diferentes formatos e dispositivos, sejam eles computadores, notebooks, celulares ou tablets. Basta apenas fazer a instalação do aplicativo.

Por que utilizar o Power BI?

Dado o cenário encontrado atualmente no mercado, é válido afirmar que as empresas enfrentam diferentes desafios, exigindo estratégias inteligentes para driblar os obstáculos comuns.

Informações relevantes como o posicionamento de empresas concorrentes e complementares são alguns dos indicadores a serem analisados durante uma estratégia.

No entanto, a depender do nicho de atuação, a quantidade de dados a serem mapeados e observados previamente ao momento de decisão pode ser ainda maior. 

Para uma autoescola que quer aumentar a taxa de adesão dos alunos de cnh carro, um estudo de mercado que efetivamente atende suas necessidades precisa de informações ainda mais específicas para atingir o público desejado.

Considerando que o desejo das empresas de modo geral é proporcionar os melhores resultados, pode-se compreender que é crucial trabalhar com o máximo de informações possíveis ao esquematizar um plano de ação.

Entretanto, somar às vantagens competitivas e comparativas é o mecanismo principal para a maximização dos resultados. É por meio destas que o consumidor fará o processo de qualificação de fornecedores.

Desse modo, a preocupação das empresas é identificar dados relevantes e expressá-los nas decisões estratégicas tomadas.

Afinal, durante uma campanha de marketing digital para a promoção de outdoor mockup, uma gráfica referência em seu nicho precisa contar com um recurso que permita o rápido acesso à informação e uma visibilidade verdadeiramente assertiva.

Logo, por ser um produto voltado para auxiliar nas demandas dentro do escopo da inteligência comercial, o Power BI se apresenta como o recurso ideal para a utilização por empresas que almejam integração, velocidade, praticidade e assertividade.

Conheça as diferenças entre Power BI e Excel

Pelo fato da tecnologia ser um assunto complexo para boa parte dos colaboradores e gestores, sobretudo para quem atua em segmentos menos automatizados, os especialistas em administração de empresas têm a função de desmistificar o tema.

Como a finalidade de democratizar o acesso à informação e recursos, os stakeholders reúnem as principais diferenças entre os dois produtos Microsoft em questão, tornando o processo de decisão e adesão pelas empresas simplificado.

  1. Compilando informações

A grande dificuldade, analisando os planos estratégicos de empresas no modo geral, é lidar com altos volumes de informações. Aliás, a manipulação de dados necessariamente precisa ser feita da forma certa, evitando prejuízos e impactos negativos.

A principal vantagem encontrada no Power BI é a possibilidade que o recurso tem em concentrar informações advindas de diferentes bases de dados e em diferentes formatos encontrados majoritariamente no mercado.

O fato de não ser restrita ao Excel, torna o Power BI uma ferramenta extremamente maleável, e isso justifica a sua utilização em diferentes contextos, inclusive nas salas de reunião de multinacionais.

Por fim, o gerenciamento de dados que acontece através dos painéis visuais, indicadores-chave de performance, quadros e alertas são o principal diferencial, fazendo frente ao Excel que permite somente a criação de fórmulas e gráficos.

  1. Experiência do usuário

Sabendo que a aplicação foi criada e desenvolvida para lidar justamente com a demanda das empresas relacionadas à pauta de inteligência comercial, é compreensível que o funcionamento seja respaldado em conferir dinamismo no cotidiano.

No Excel, quanto mais amplas e robustas forem as informações compiladas, menor será o dinamismo encontrado durante a experiência obtida na utilização realizada pelos usuários.

O User Experience (UX) é um assunto que vem recebendo notoriedade nos últimos anos, tendo em vista que seu trabalho é corroborar para otimização do tempo dos colaboradores durante a utilização de algum aplicativo ou programa.

Devido ao fato de atuar diretamente na inteligência comercial e poder compilar alta quantidade de informações, o Power BI também conta com um funcionamento dinâmico, sendo ainda mais rápido que o Excel.

Considerações finais

O aumento da relevância dos recursos tecnológicos na gestão empresarial vem acontecendo com grande força nos últimos anos, como um resultado das iniciativas feitas por empresas líderes no ramo.

Contudo, o Power BI é definido como a aplicação Microsoft voltada para suprir as expectativas no que tange à assertividade no compilamento de dados, bem como na velocidade de tratar e compartilhar informações.

Deixe um comentário